Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Brancão analisa empate sem gols no jogo dos 110 anos do Baeta!
16/08/2021 17:06 em Novidades

  No dia do aniversário de 110 anos, a festa do Baeta não foi completa no domingo, dia 15. O Leão do Poço Rico ficou no 0 a 0 com o Aymorés, em Juiz de Fora. Apesar da tentativa do técnico do Tupynambás, Gustavo Brancão, para furar a retranca do time ubaense, os juiz-foranos não conseguiram escapar de um velho roteiro de trocas de passes pouco efetivas e da dependência das infiltrações do atacante Fabinho Alves.

  Falando sobre o empate sem gols à Radio Web Nas Ondas do Toque, Brancão avalia que sua equipe vem tendo dificuldades em concretizar jogadas de ataque por conta de erros no último passe. Também considera que a atuação dos oponentes, somada às finalizações imperfeitas dos atacantes do Baeta, contribuem para jogos mais complicados.

 

 Se do lado do Baeta o empate foi considerado um resultado desagradável, mas que não tira o clube de Juiz de Fora do G4, no lado ubaense do confronto, a crise aumentou. Caso o Democrata de Sete Lagoas vença, logo mais, o Guarani, o Aymorés pode ser rebaixado para a Segunda Divisão do Campeonato Mineiro, a popular Terceirinha, com uma rodada da antecedência.

  Isso porque, com a vitória, o Jacaré chegaria aos dez pontos. Na próxima rodada, a décima da fase de classificação, há o confronto entre Serranense e Aymorés, em Nova Serrana. Se o time de Ubá sofrer uma derrota neste embate, estaria rebaixado, já que só poderia somar oito pontos.

Texto: Toque de Bola - Wallace Mattos

Foto: Toque de Bola

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!