Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
A escritora e o jornalista: a festa dos corações atleticanos em BH e em NY
04/12/2021 16:42 em Novidades

E o Galo?

O Galo ganhou!

O fim de 50 anos de espera pelo Campeonato Brasileiro desencadeou uma expierência de felicidade sem medidas e sem fronteiras entre os torcedores do Atlético. Os gols de Hulk e Keno trouxeram o segundo sonhado e desejado título, aguardado desde que a equipe de Dadá Maravilha conquistou o então recém-criado Campeonato Brasileiro, em 1971.

O programa Roda de Toque, da webradio Nas Ondas do Toque, conversou com dois torcedores sobre a experiência desta temporada e de finalmente poder gritar que é campeão brasileiro: a autora Laura Conrado e o jornalista Rafael Antunes. Ela viveu tudo em Belo Horizonte. Ele mudou os horários para acompanhar a jornada do Galo da Capital diretamente de Nova Iorque, onde mora há três anos.

Os relatos falam do sonho realizado, da alegria contagiante em tempos difíceis, do reconhecimento do trabalho e da união da equipe e do clube e da saudade das pessoas que não estão aqui para comemorar. 

“Contra os pontos corridos, não tem argumento”

A autora Laura Conrado é torcedora de ir à arquibancada, faz parte da Grupa e analisou a temporada 2021. Destacou as forças do time do técnico Cuca e deu uma gongada na dor de cotovelo da mídia RJ-SP. A festa ainda nem acabou direito e ela já pensa em outra taça, a da Copa do Brasil, que o Atlético decide contra o Athletico Paranense. A escritora ressaltou que o sonhado título do Brasileiro faz parte de um projeto mais amplo do Galo e torce por mais conquistas.

Em dois livros, Quando Saturno voltar e Literalmente Amigas (este em parceria com a autora e amiga cruzeirense Marina Carvalho), ela criou garotas que tinham relação com o universo futebolístico. E como a vida inspira a arte, será que está vindo mais uma personagem atleticana em história da Laura? Ela disse que é “muitíssimo provável” e já tem até o plot: “baseado em memes reais”. 

 

“É muito gostoso ser campeão”

Na quinta-feira, 2 de dezembro, às 18h, assim que Flávio Rodrigues de Souza apitou o fim do jogo entre Bahia e Atlético Mineiro, Rafael Antunes comemorou o título do Brasileirão 2021.

Estranhou o horário? É que o jornalista estava em Nova Iorque, nos Estados Unidos. Sim, festa sem fronteiras. 

O torcedor contou como foi a experiência de acompanhar a temporada vitoriosa do time de coração tão longe de casa. Falou sobre o que fez nas horas antes da partida. Além disso, ressaltou que nem se surpreendeu com o caminho mais sofrido e tenso da equipe que buscou a virada após estar atrás por 2 a 0 para ficar de vez com a Taça. 

Rafael Antunes disse que sonhou várias vezes sobre como seria o dia da conquista do título e garantiu que a realidade superou qualquer expectativa. Ele ainda refletiu o impacto das perdas causadas pela pandemia nas homenagens e na festa da torcida – um alento e uma esperança em dias melhores. 

O Atlético assumiu a liderança do Brasileiro na 15ª rodada, somou até 81 pontos em 36 jogos. Neste domingo, 5, às 16h, recebe o Bragantino para o jogo da festa, da taça e das medalhas diante da Massa no Mineirão. E se despede do Brasileirão dos sonhos como visitante, contra o Grêmio em Porto Alegre no dia 9.

No entanto, a temporada não acabou: ainda a decisão da Copa do Brasil contra o Athletico Paranaense em dois jogos: em 12, no Mineirão e no dia 15, na Arena da Baixada.

Texto: Toque de Bola - Roberta Oliveira e Wallace Mattos

Fotos: Atlético/Facebook

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!