Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Recordes mundiais e das Américas? Gabriel Araújo e o treinador querem mais!
15/03/2022 14:02 em Novidades

O que dizer após estrear numa etapa internacional do World Series; conquistar cinco medalhas no índice técnico; conseguir dois recordes das Américas, melhorar duas marcas pessoais e bater três recordes mundiais, dois deles na mesma prova? Trabalhar mais para tornar possíveis novas conquistas.

 

 

Após o desempenho nas piscinas em Lignano, na Itália, junto com a seleção brasileira paralímpica, a resposta do nadador do Clube Bom Pastor, Gabriel Araújo é simples: saldo positivo, mas tem ainda margem para melhorar nos próximos compromissos do ano. 

 

 

O treinador Fábio Antunes explicou a estratégia usada no World Series em Lignano e como será a sequência do trabalho com Gabrielzinho para a temporada.

 

 

O detalhe do regulamento no World Series é que as provas são disputadas por atletas de diferentes classes. A premiação é feita com base no índice técnico competitivo (ITC) alcançado pelo atleta e não o tempo marcado no cronômetro oficial. 

 

Os 33 nadadores convocados pelo Comitê Paralímpico Brasileiro conquistaram 13 ouros, 5 pratas e 6 bronzes. Além disso, a equipe nadou sozinha em duas modalidades – nos 4x50m medley misto 20 pontos e 4x100m livre misto 49 pontos. De acordo com o CPB, por isso,  não foram entregues medalhas.

 

Foto: pietrorizzato.com/WPS ITA/FINP

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!